Notícias

Governo do Tocantins planeja ações para desenvolvimento da cadeia produtiva do leite

05/04/2021 - Elmiro de Deus/Governo do Tocantins

Em live, o governo do Tocantins, por meio da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e a Câmara Setorial do Leite do Tocantins(CSL) e produtores juntos, planejam ações para o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no Estado. Os incentivos a serem propostos ocorrem, nesta terça-feira, 6, às 9 horas, na plataforma do youtube, no canal da Secretaria da Agricultura: seagrotocantins.

Para o secretário Executivo da (CSL), Nicolau Humberto Muzzi Dabul, entre outras ações, os parceiros buscam elaborar políticas públicas para o setor lácteo, norteando instituições, propondo e monitorando as atividades que promovam o desenvolvimento da cadeia produtiva do leite no Estado. “Para tanto, já estamos planejando a execução, seguindo as linhas de atuação, no sentido do aumento da produção, melhoria da qualidade do leite, educação empresarial, assistência técnica, extensão rural, industrialização, comercialização do leite e derivados, gestão de informação/pesquisa, bancos de dados logísticos e infraestrutura, tudo, acreditando na retomada da produção leiteira no Tocantins”, ressaltou.

O presidente atual da CSL, Marco Antônio Pitondo, empossado recentemente na instituição prevê crescimento da produção leiteira no Estado. “Estamos almejando uma boa produção leiteira nos próximos anos, os produtores de leite e indústrias de  laticínios estão voltando as atividades produtivas, sendo ainda que a Câmara Setorial do Leite elaborou um plano estratégico para estimular essa produção no Estado”, disse.

Produção

Em 2018, o Tocantins produziu mais de 209 milhões de litros de leite. Os maiores rebanhos produtores de leite estão concentrados nos municípios, em sequencia crescente: Araguatins, Pequizeiro, Araguaína, Colmeia, Bernardo Sayão, Goianorte, Augustinópolis, Formoso do Araguaia, Paranã e Arapoema, perfazendo um total de 60 mil cabeças de vacas leiteiras. Em todo Estado, possui um rebanho aproximado de 200 mil cabeças de vacas leiteiras.