Notícias

Governo promove encontro com representantes de produtores de leite e de indústrias de laticínio

18/02/2021 - Leide Theophilo/Governo do Tocantins

O Governo do Estado através da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), ciente de um problema de conjuntura nacional com relação ao preço do leite, promoveu  nesta quarta-feira, 17, na sede da Seagro um encontro com representantes de laticínios e de produtores da cadeia leiteira.

A convite do secretário da Seagro, Jaime Café, o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura (MAPA), Cesar Halum participou da reunião e explanou sobre as discussões que tramitam na esfera federal e tem comprometido o preço do leite em todo o país, “O que está acontecendo é chamado de Tempestade Perfeita para o setor do leite, houve uma diminuição do consumo, houve aumento da produção e a importação de leite  de países do Mercosul como a Argentina e Uruguai. Não obstante também houve o aumento dos preços dos insumos básicos como por exemplo, milho e soja que compõem a ração do gado leiteiro. É preciso achar um ponto de equilíbrio e o MAPA não pode interferir nas relações comerciais de importação e exportação, mas diante dessa Tempestade estamos trabalhando para que não haja concorrência desleal e que produtos vendidos dentro do Brasil não prejudique quem produz, quem comercializa e quem consome”,  pontuou Cesar Halum.

Para o presidente da câmara setorial do leite, Marco Antônio Pitondo o prejuízo já é considerável para o produtor do Tocantins, “Estamos passando por um momento muito difícil tanto para o produtor quanto para a indústria. É na verdade catastrófica a situação e todas as ações que vamos tomar daqui pra frente, com certeza vai impactar bastante na cadeia produtiva do leite. Ouvimos tanto as informações do Governo do Estado como do que está acontecendo nacionalmente e mesmo diante de tal cenário nossa esperança foi renovada nessa reunião, pois a presença de várias instituições nos informando a cerca de possíveis soluções já nos faz vislumbrar um futuro com resultados mais favoráveis”, declarou o presidente.

O Senhor José Emerson Cavalcante Gomes é um pequeno produtor de leite no município de Barrolândia, e a participar das discussões com o governo e industrias considerou que é possível uma retomada da cadeia produtiva do leite. “Queremos uma melhoria para o pequeno produtor. Nós sabemos que hoje o custo de produção de leite numa propriedade  com o encarecimento dos insumos agropecuários, o custo de energia elétrica, a falta de informação e de assistência técnica qualificada gerou esse conflito. O produtor tem a esperança de sempre melhorar e ser bem remunerado, pois o leite hoje é uma questão social no Estado Tocantins como em todo o país, nossa dificuldade hoje diante do que nos foi apresentando pode nortear em busca de soluções”, declarou o produtor.

Segundo o gestor da Seagro, Jaime Café é de interesse do Governador Mauro Carlesse que haja um acordo entre os produtores e os laticínios. “Ao intermediar esse encontro nós ouvimos as demandas dos produtores e da indústria e é possível por meio de um esforço de instituições públicas e privadas, encontrar com celeridade reforçar o setor sem que haja prejuízos para ambas às partes”, ponderou Jaime Café que também colocou o corpo técnico da secretaria à disposição para orientar e verificar onde é necessário fazer um programa de gestão, custo de produção com a finalidade de proporcionar aos criadores de gado leiteiro preço justo na hora de vender para o mercado, “organizar e fortalecer a cadeia produtiva do leite irá agregar todos os interesses dos produtores e da indústria”, concluiu Jaime Café.