Notícias

Encontro apresenta tecnologias e previsões agroclimatológicas para avanço do agronegócio tocantinense

18/09/2019 - Elmiro de Deus/Governo do Tocantins

O encontro para Apresentação das Tendências Agroclimatológicas realizado na manhã desta quarta-feira, 18, mostrou aos produtores, técnicos e participantes as tecnologias e previsões agrometereológicas para o desenvolvimento do agronegócio tocantinense. O evento que contou com cerca de 150 pessoas ocorreu no auditório da FAET/SENAR, em Palmas.

Em seu discurso, o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura(Seagro), César Halum enfatizou a importância da agrometereologia e suas ferramentas (aplicativo) para o avanço produtivo do agronegócio. “Estamos disponibilizando ao produtor esse aplicativo agrometereológico para o desenvolvimento produtivo do agronegócio, auxiliando o produtor nas tomadas de decisões para alcançar melhor produtividade no campo”, ressaltou.

O reitor da Universidade do Tocantins (Unitins), Augusto Rezende, destacou a importância da parceria com a Secretaria da Agricultura. “É muito importante essa parceria, a Universidade e o governo para disponibilizar ao produtor esses dados, munindo-os de conhecimentos agroclimáticos para o desenvolvimento da produção agrícola no campo”, frisou.

Em sua palestra, o meteorologista José Luiz Cabral, abordou sobre a necessidade de o produtor buscar informações agroclimáticas para suas atividades no campo. “É fundamental que o produtor apodere desses conhecimentos disponíveis para fazer seu planejamento adequado, sabendo a hora certa de plantar e colher, minimizando os prejuízos e consequentemente, o ganho na produtividade”, destacou.

Produtor

Participando do encontro, o produtor de soja de Brejinho de Nazaré, Juliano Recah, disse da importância de estar acompanhando as informações agroclimáticas para o cultivo agrícola. “Estamos na era da tecnologia, por isso devemos utilizá-la para sermos assertivos na atividade agrícola, eu, por exemplo, estou esperando as previsões da chuva para dar início ao plantio de 500 hectares de soja para a próxima safra”, afirmou.

Já o engenheiro agrônomo, consultor da Terra Forte consultoria, Élio Ribeiro, explica que as informações climáticas influenciam em toda a fase da plantação agrícola, da escolha da semente à colheita. “Está em todas as etapas, indicando as melhores condições e assim, o produtor evita muitas perdas em sua lavoura”, comentou.

Aplicativo

O engenheiro agrônomo da Seagro, Alexandre Barreto, ao lançar o aplicativo INFO TEMPO Tocantins mostrou em detalhes as principais ferramentas para auxiliar o produtor no seu dia a dia.   “É um aplicativo de fácil manuseio, contendo informações das estações meteorológicas do Estado, mapas, dados, prognósticos e alerta agrometereológicos para auxiliar, ainda mais o produtor, a hora certa de plantar, manejo e colheita”, explicou.