Notícias

Secretaria da Agricultura e produtor instalam projeto experimental de mandioca altamente produtiva no Centro Agrotecnológico

20/12/2019 - Elmiro/Governo do Tocantins

Técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e o produtor Elpídio Aires instalam projeto experimental de cultivar da mandioca Venâncio, no Centro Agrotecnológico de Palmas. O cultivo da mandioca iniciou nesta semana e o resultado será apresentado no final de 2020.  A cultivar é uma variedade tradicional do Estado do Rio Grande do Norte.  

De acordo com informações do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produtividade média da mandioca convencional no Estado do Tocantins é 16 toneladas por hectare. Já a cultivar Venâncio tem rendimento médio em torno de 86 toneladas por hectare para indústria, uma produtividade em torno de 437,5% a mais. 

Segundo o técnico agrícola da Seagro Paulo Pereira Barros, a cultivar tem potencial altamente produtivo, por apresentar características superiores as cultivares convencionais.  “E a Secretaria da Agricultura é parceira neste experimento, pois a proposta é avaliar o desempenho desta cultura em nosso Estado e se for positivo, disseminar esta variedade para outros produtores, principalmente para agricultores familiares”, ressaltou.

“Estima-se que 22,1% da produção nacional de mandioca sejam destinadas à fabricação de farinha, 10% à produção de fécula e 2% ao consumo in natura, como mandioca de mesa (macaxeira ou aipim)”, complementou o técnico.

A intenção do senhor Elpídio Aires é implantar uma agroindústria para processar a mandioca e produzir a farinha e fécula. O produtor pretende plantar na sua chácara um total de 50 mil pés de mandioca, numa área de 5 hectares.  “A farinha de mandioca é um produto muito aceito no mercado consumidor, ainda importamos de outros estados cerca de 80% da farinha consumida no Tocantins”, informou.