Notícias

Grupo americano vai instalar fábrica de ração em Paraíso

06/11/2019 - Raquel Oliveira/Governo do Tocantins

O Governo do Tocantins aposta nas parcerias como um dos fatores para
acelerar o fortalecimento do seu setor industrial, com impacto direto no desenvolvimento e crescimento econômico, gerando empregos e renda.

Seguindo essa linha de trabalho, foi assinado nesta terça-feira, 5, no município de Paraíso (TO), protocolo de intenções entre a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e a empresa Santa Isabel Alimentos LTDA – Grupo Americano, que permite  a instalação de empresa de ração para aves na unidade da Companhia de Armazéns Gerais e Silos do Estado do Tocantins (Casetins), localizada no município, às margens da BR-153. A previsão é que em seis meses a empresa esteja em pleno funcionamento, produzindo 10 mil toneladas por mês e mobilizando todo o setor avícola da região.

No Tocantins, o Grupo Americano iniciou suas atividades há 12 anos nos municípios de Araguaína e Babaçulândia. Recentemente ampliou a criação
e o abate industrial de frangos para a cidade de Tocantinópolis e gera mil empregos diretos.  “Somos uma empresa com atividade produtiva verticalizada em franca expansão nos estados do Pará, Maranhão, Piauí e Tocantins” detalhou o presidente do grupo Americano Yasuhide Watanabe.

No mercado nacional, atendem às regiões norte e nordeste com produtos da marca Americano, Santa Marta e Bonasa.  No exterior, exportam para países como Hong Kong, Japão e Tailândia.

O presidente parabenizou o Governo do Estado pela parceria. “O evento de hoje marca e reforça a parceria entre o público e a iniciativa privada. Nossa parceria mostra a clara intenção do governo em não medir esforços para gerar emprego e renda, apoiar e incentivar a iniciativa privada na implantação e expansão de suas atividades”, disse Yasuhide. Ele reforçou que “é fundamental o apoio do Governo do Tocantins e municípios para consolidar o setor avícola no Estado. Pelas nossas análises, o Tocantins possui aviário com capacidade instalada para produzir um milhão de frangos semanais. Entretanto, só são utilizados 65%. Ou seja, em curto prazo vamos nos unir mais para produzir os outros 35%”.

Yasuhide concluiu afirmando que vislumbra no Tocantins o futuro do grupo Americano e a grande expansão da agricultura brasileira. “Temos aqui clima favorável, abundância de grãos e potencial logístico para atender o mercado brasileiro e externo. Garantimos a qualidade dos nossos produtos com foco
permanente na eficiência da nossa atividade e verticalização de todo processo produtivo”, disse ele.

“Trabalhamos de maneira conjunta com o setor produtivo e municípios para gerar emprego e renda, fomentando o desenvolvimento de todas as regiões do Tocantins”, validou o secretário da Seagro César Halum, agradecendo em nome do governador Mauro Carlesse a confiança depositada pelo Grupo Americano no Tocantins. “As parcerias devem ser boas para ambos os lados. O empresário aumenta seus lucros e o governo também arrecada mais impostos e passa a investir mais”, completou César Halum, enfatizando que a segurança jurídica e institucional no Tocantins vem atraindo vários empresários e investidores. “Obrigado por confiar no Tocantins”, enfatizou o secretário.

César Halum destacou também a integração da atividade avícola com a fábrica de ração. “Os 40 produtores integrados que produziam frangos que estavam com as atividades paralisadas desde o fechamento da empresa Frango Norte, agora voltaram a produzir frangos que serão abatidos em Aguiarnópolis, até que se tenha um novo abatedouro em Paraíso”, concluiu.
Representando o prefeito de Paraíso Moisés Avelino, o vice-prefeito Celso Morais, comemorou a parceria. “É um grande sonho sendo realizado. Em breve a fábrica de ração já estará em funcionamento e vai movimentar a economia de Paraíso e região”. Também participaram da solenidade o presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins (Adapec), Alberto Mendes da Rocha, o empresário e proprietário da Frango Norte Gilmar Gonçalves e representantes de entidades privadas.