Notícias

Clima favorável aumenta estimativa para produção de grãos no Tocantins na safra 2018/2019

05/11/2018 - Elmiro de Deus/Governo do Tocantins

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou a primeira estimativa da produção para a safra de grãos 2018/2019, apontando o crescimento em produção para algodão, milho, e em área para cultura da soja, influenciados pelas boas condições climáticas neste início do ano agrícola. A estimativa é que o aumento em área possa chegar a 3,9% e em até 7,8% para produção de grãos. Com participação de 71% do total previsto da área plantada, a soja permanece como a principal cultura a ser semeada no Estado, seguida do milho e do arroz em casca, com participação de 14,6% e 9,4% respectivamente.

Para a safra 2018/2019, a produção de grãos estimada para o Estado deverá ficar entre 4,7 e 4, 9 milhões de toneladas. A soja representa 65,7% da produção total, mais uma vez seguida do milho em grãos (19,2%) e do arroz em casca (13,28%). A produção da soja pode saltar de 3 para 3,2 milhões de toneladas, uma variação de 6,6%.

Produtividade

A produção do milho, segunda cultura em destaque no Estado, deve ter um aumento significativo em relação à produtividade, tanto na primeira como na segunda safra, com previsão de saltar de 3.600 para 4.400 quilos por hectare, em média, sendo 22% a mais que a safra anterior. Já para safrinha, a expectativa é ainda melhor, podendo alcançar uma produtividade média de 1.000 quilos a mais por unidade de área, grande parte em função das condições climáticas que vem proporcionando a antecipação dos plantios da soja em relação ao ano anterior. Para o arroz, a expectativa é que a cultura deva permanecer estável em produção e área plantada no Estado.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Thadeu Teixeira Júnior, essa previsão para incremento em produtividade e consequentemente maior produção de grãos no Tocantins, é decorrente de diversos fatores que influenciam esse maior rendimento. “Dentre eles, as boas condições climáticas até agora, aliadas ao uso sustentável de novas tecnologias pelos produtores e a qualidade cada vez maior dos insumos que chegam ao Estado”, argumentou.

Algodão

O Tocantins ainda galga maiores produções de algodão, na safra passada, a área plantada foi de cerca de 2,8 mil hectares apenas, contudo, a chegada de um pesquisador da Embrapa Algodão ao Estado e tecnologias mais apropriadas, entre outras, podem ser atrativos para uma maior adesão de produtores. Estima-se que a área plantada para próxima safra possa ser 42% superior a deste ano.