Notícias

Agrotins Brasil 2015 apresentará modelos sustentáveis de irrigação para agricultura

27/04/2015 - Elmiro de Deus – Núcleo da Agricultura

O potencial de superfície irrigável do Tocantins é de 4,8 milhões de hectares, conforme estudo do Plano Estadual de Irrigação que caracteriza esta área. E as novas tecnologias sustentáveis utilizadas nos sistemas de irrigação na agricultura serão apresentadas durante a Agrotins Brasil 2015 – Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins. A Diretoria de Irrigação da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) em parceria com empresas privadas vão disponibilizar para produtores e visitantes, produtos, unidades demonstrativas e as inovações tecnológicas para o setor.   

A 15ª Agrotins acontece entre 5 e 9 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, TO-050, saída para Porto Nacional e deve atrair mais de 95 mil pessoas. 

Os sistemas de irrigação mais utilizados no Estado, principalmente nos projetos hidroagrícolas e na região das várzeas, são por inundação (no período chuvoso), de subirrigação (período de seca), de microaspersão, gotejamento e aspersão convencional. E nesta edição a Agrotins vai apresentar também outros sistemas disponíveis no mercado para a agricultura sustentável.

O sistema de irrigação por meio de bomba flutuante, por exemplo, será uma das atrações durante a Agrotins. A empresa Rio do Sul, instalada em Lagoa da Confusão, apresenta essa tecnologia de baixo impacto ambiental e econômico de energia. “É um sistema de irrigação simples, rápido e prático, elimina casa de bomba e base para o motor, além de proporcionar uma economia de 50% de energia”, ressaltou a gerente de vendas, Débora Cristina Grach.

Energia solar

Mais uma alternativa disponível de produção sustentável é o sistema de irrigação por meio de energia solar. A empresa Unita, instalada em Palmas, estará apresentando as inovações desta tecnologia. Para o gerente e sócio da empresa, Jonata Fausto Lena, esse é um sistema de irrigação é econômico, sustentável e produtivo. “Essa é uma tecnologia apropriada para o Tocantins, pode ser utilizada para poços, reservatórios e lagos, com baixo custo econômico e capacidade diversificada de bombeamento entre 3 mil a 700 mil litros de água por dia”, enfatizou.  

De acordo com o diretor de Irrigação e Drenagem da Seagro, Carlos Spartacus, é importante essa diversidade de sistemas de irrigação produtivos. “A Agrotins 2015 é uma Feira de oportunidade para os pequenos, médios e grandes produtores conhecerem as diversidades de sistemas produtivos por irrigação existentes. Estaremos na Feira à disposição dos produtores e interessados em adquirir informações sobre os sistemas de irrigação”, informa. 

Projetos

Também dentro da programação da Agrotins, técnicos da Secretária da Agricultura estarão apresentando as técnicas utilizadas no sistema de irrigação dos projetos hidroagrícolas Manuel Alves, localizado no município de Dianópolis, e São João, em Porto Nacional.

Prodoeste

Durante a Agrotins, os produtores poderão obter também informações sobre o Projeto de Irrigação do Sudoeste do Estado do Tocantins – o Prodoeste, que está em fase de implantação. O projeto, em sua primeira etapa, contempla os municípios de Pium, Cristalândia e Lagoa da Confusão. Até a execução final serão beneficiados 14 municípios, gerando 11.500 empregos diretos e 23 mil indiretos no campo.  Atualmente está sendo elaborado o projeto executivo da barragem e das elevatórias do Rio Pium.

Realização

A feira é promovida pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Seagro e vinculadas, Agência da Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Instituto de Terras do Tocantins (Itertins) e entidades de classe ligadas ao setor produtivo.